Semalt Expert Especifica a conexão entre conversões, tráfego e desempenho do site

Ao lidar com fatores no local para marketing de conteúdo, SEO e outras estratégias de entrada, não percebemos como o desempenho do site afeta o tráfego e as conversões. Na maioria dos casos, as pessoas se concentram apenas nos elementos estruturais e estéticos. Os elementos estruturais de um site incluem itens como tags de título e meta tags no código HTML do seu site. Por outro lado, elementos estéticos se referem a fatores como os elementos de design da web, seleção de palavras-chave e opções de conteúdo. Por mais que esses fatores tenham um papel crucial na otimização do seu site, há mais nessa equação. Outros fatores desempenham um papel crítico nesse processo, incluindo a operação do site. No funcionamento de um site, o desempenho do site é um fator que você precisa considerar.

O desempenho do site é a sensação e a resposta de uma experiência de navegação de um site pelo usuário. Pode ser afetado por problemas como velocidade do servidor, tráfego, alocação de largura de banda e o próprio código. Ao otimizar a velocidade dos sites, o uso de recursos de menor tamanho e a integração de páginas para dispositivos móveis são alguns dos fatores cruciais que você precisa considerar para o seu site.

Ross Barber, gerente de sucesso do cliente da Semalt Digital Services, define alguns fatores de desempenho do site que podem afetar o tráfego e as conversões:

1. Tempo de atividade do site

Este é o momento em que seu site está ativo. Para você conseguir e impressionar seus clientes, seu site deve estar ativo. As pessoas odeiam enfrentar uma mensagem de erro 404 ao visitar uma página da web. Por mais que o erro não afete sua classificação, ele afeta a experiência e o feedback do cliente. Os sites que são desativados em determinados horários precisam ser corrigidos. Um redirecionamento 301 pode ser uma solução de correção rápida.

2. Desempenho móvel

O desempenho do seu site em dispositivos móveis afeta a classificação após a atualização "Mobilegeddon" do Google em 2017. Muitos usuários da Internet utilizam telefones celulares para acessar a maioria dos sites. Seus critérios de design da web devem incluir um site otimizado para celular para usuários de telefones. O Google pode penalizar sites sem uma visualização de página para celular por meio da classificação.

3. Velocidade do site

O tempo que leva para carregar as páginas no seu site é um fator de classificação. Os mecanismos de pesquisa contam com o "tempo de carregamento da página" como um método de classificação de sites com palavras-chave semelhantes. Você pode aumentar a "velocidade do site" fazendo ajustes como aumentar a alocação de largura de banda ou usar imagens e outros arquivos de tamanho menor.

4. Disponibilidade de conteúdo

É essencial verificar o fornecimento de todas as informações em todas as páginas do seu site. Conteúdo quebrado, como imagens ausentes, pode afetar sua classificação. A correção de qualquer conteúdo ausente é importante. No caso de arquivos de mídia, um redirecionamento 301 simples pode consertar as coisas temporariamente, mas você pode precisar de uma solução permanente.

Conclusão

Qualquer esforço online para obter uma classificação nos mecanismos de pesquisa ou aumentar o tráfego deve envolver a otimização do site e do conteúdo. Em qualquer estratégia de marketing na Internet, a impressão do consumidor final geralmente é o objetivo principal. A maneira como o site se sente e a experiência de navegação de uma pessoa enquanto navega é no design, desenvolvimento e hospedagem da web. Quando esses aspectos do desempenho do site são otimizados, é provável que as classificações de pesquisa melhorem, o tráfego aumentará e, finalmente, a resposta do cliente nas análises será positiva, o que acabará por aumentar as conversões no seu site. Os resultados não ativam imediatamente essas alterações são aplicadas. Em vez disso, eles melhoram à medida que você faz os ajustes necessários no seu site.

mass gmail